A arte de contar histórias

Vivemos em um mundo cada vez mais interligado. As pessoas não consomem mais produtos, elas consomem histórias. A necessidade de se conectar cada vez mais, trouxe um desafio para marcas, que passaram a desenvolver estratégias para além de seu produto e da venda pela venda. Não se comunica mais, se dialoga. E mais: esse diálogo, para gerar uma conexão, precisa ter uma história bem contada e real.

Contar uma boa história ou o chamado “Storytelling”, como alguns preferem dizer, é algo que está no DNA de qualquer ser humano. Contamos histórias desde sempre, seja para nosso filho dormir, seja sobre as férias na redação da escola. Os antigos falavam sobre “causos”, os mais antigos ainda contavam a história nas paredes de cavernas. É assim que a humanidade se comunica, gera vínculos e cresce. O mesmo acontece com as marcas.

Quer saber como? Basta observar as marcas ao seu redor. A dedicação delas em contar histórias e criar laços com o consumidor é facilmente identificável. O mais interessante é que, quando você alia o Storytelling à sua estratégia de branding e de marketing, ele não precisa ficar restrito à história da empresa ou de um produto. O Storytelling pode focar em características, visões e valores de sua marca, nos diferenciais, nas pessoas ou em causas, por exemplo.

A Natura é uma dessas empresas que usa da estratégia para contar a história de seus produtos. Diria que boa parte das pessoas já ouviu falar sobre como a companhia prioriza a matéria-prima do Brasil, usando recursos renováveis dos produtos às embalagens e impulsionando a geração de negócios nas comunidades regionais. A Natura conta essa história, valorizando cada passo da sua produção e cada um dos envolvidos. Enaltece os recursos naturais do país, reforçando como devolve para a natureza o que usa e como gera valor para toda a cadeia produtiva. Não é à toa que ela é uma das marcas preferidas dos brasileiros.

Esse é um exemplo de um Storytelling extremamente bem contado. Ao criar sua estratégia, vale sempre pensar: no fim do dia, quais histórias eu lembro; quais me emocionaram? quais me fizeram rir? São essas que ficam para sempre marcadas na memória. Algumas narrativas são tão fortes que, por anos, você relaciona uma característica a uma marca. A Natura à sustentabilidade, a Disney ao mundo da fantasia, a Dove com a autoestima da mulher e valorização dos diferentes corpos.

O mais importante: não é preciso ser nenhuma gigante para contar uma boa história, nem mesmo é necessário investir alto para criar uma campanha criativa e que use o Storytelling como estratégia. É como você conta uma história que vai tornar ou não sua marca um objeto de desejo. As redes sociais estão aí para provar como qualquer pessoa pode criar uma narrativa consistente, verdadeira, que chame a atenção do público, além de promover interação e engajamento.

Quer saber mais sobre Storytelling? Escreve para mim no marcos@lepera.com.br

Branding
& Digital

Fale conosco

Contato

contato@lepera.com.br
+55 11 3045 6009

© 1989 – 2021 – LE PERA COMUNICAÇÃO LTDA – CNPJ: 05.154.130/0001-00