linkedin

Em 2022, minha empresa precisa estar no Linkedin?

Popularmente conhecida como uma vitrine de vagas de emprego, o Linkedin mostrou ser muito além do que uma prospecção de funcionários. A plataforma se consolidou como um local amplo para o mundo corporativo. 

 

E antes mesmo de responder se sua empresa deve ou não fazer parte do Linkedin, é preciso entender sobre seus serviços, possibilidades e oportunidades para o seu negócio. 

 

A plataforma corporativa não é nenhuma iniciante neste mundo de mídias sociais. Lançada em 2003, por Reid Hoffman, ela foi comprada pela Microsoft em 2016 e vem se consolidando cada vez mais como a preferida no mundo dos negócios. 

 

Os números comprovam a sua popularidade, o Linkedin tem atualmente mais de 575 milhões de usuários. Na lista de países com maior número de perfis, o Brasil ocupa a quarta posição, com mais de 34 milhões. 

 

Network entre líderes e negócios

 

Enxergando a necessidade, as empresas estão cada vez mais presentes no Linkedin. Seu negócio também nesse local, pode te auxiliar a trabalhar a relação saudável com outros empreendimentos. 

 

Ali, pode ser um canal aberto para o diálogo, sobre eventuais parcerias e projetos. 

Caso você seja uma média ou pequena empresa, deve passar pela sua cabeça a inviabilidade de estar no linkedin. Entretanto, é preciso averiguar esse pensamento e enxergar possibilidades rentáveis em ter um perfil ativo. 

 

Grandes empresas estão na plataforma e muitas delas podem contratar serviços, seja de profissionais autônomos ou até mesmo de outras empresas, através do próprio Linkedin. 

 

Movimentar seu negócio na plataforma pode ser um diferencial para atrair novos clientes, ter visibilidade e consequentemente aumentar o lucro da empresa. 

 

Capacitação dos colaboradores e humanização do seu negócio

 

A sua empresa no Linkedin irá incentivar o seu funcionário a fazer o mesmo. A plataforma conta, também, com canal de aprendizado online, onde é possível desenvolver e atualizar as habilidades. 

 

Desta forma, seu colaborador ganha, se capacitando, consequentemente sua empresa também, por colher frutos disso. 

 

Na plataforma é possível também trabalhar a humanização da empresa, trazendo histórias de funcionários, sejam antigos ou aqueles que acabaram de chegar. Esse tipo de conteúdo rende aproximação, excelentes e extraordinárias publicações. 

 

Além disso, o colaborador enxergando a sua história ali, irá se engajar e isso gera mais visibilidade para o seu negócio na plataforma. 

 

E aí, utilizar ou não utilizar o Linkedin?

 

Na Le Pera, gosto de falar que você não precisa estar em todas as plataformas, você precisa estar onde o seu público está. Se o Linkedin irá trazer visibilidade, possíveis novos clientes, capacitação dos colaboradores e a humanização do seu negócio, me parece ser viável se integrar neste grupo corporativo online. 

 

Mas é preciso entender que não basta apenas criar o perfil, é preciso que ele esteja ativo e com conteúdos de qualidade e condizentes com a plataforma. Nem tudo que sua empresa publica no Instagram, por exemplo, é viavel para o Linkedin. 

 

É preciso que tenha uma equipe capacitada para gerir o seu perfil no Linkedin. 

 

Aqui na Agência trabalhamos de forma segmentada para cada cliente e em cada plataforma.

 

Orientamos, apresentamos e direcionamos nossos clientes para que a sua marca esteja de forma ideal em cada plataforma, buscando visibilidade, qualidade de conteúdo e geração de lucro. 

Branding
& Digital

Parceiro Oficial Programa Google Partners
Fale conosco

Contato

contato@lepera.com.br
+55 11 3045 6009

Siga-nos

© 1989 – 2022 – LE PERA COMUNICAÇÃO LTDA – CNPJ: 05.154.130/0001-00

CONTE-NOS SUA DOR

e-book

Você sabe contratar uma agência?

Preparei algumas dicas e um material que pode ajudar nesta tarefa.