naming

A importância do naming na construção de uma marca de valor

Termos

Categoria

Date

Como você criou o nome da sua empresa ou de seu produto? Qual a importância do nome da sua marca?

O naming é um dos processos mais importantes do branding. É quando se cria a identidade verbal, a propriedade semântica que individualiza sua marca. 

Criar naming não tem nada a ver com com gostos ou critérios pessoais, existe um trabalho, um mergulho estratégico e uso de diversas  técnicas para isso, afinal a força de um nome pode impactar diretamente na decisão de compra do consumidor.

Já pensou em como algumas marcas se tornaram sinônimos de um produto? Danone, Gillette, Bombril são marcas, mas viraram referências de categoria. Quem nunca pensou: “vou ao mercado comprar um danone”.  Provavelmente, você estava buscando um iogurte, certo? O mesmo acontece com a palha de aço e com a lâmina de barbear.

Além da identificação entre marca e produto, o naming deve expressar os valores e objetivos de sua empresa.

 

O nome da sua marca é a primeira mensagem que você passa para o mundo.

 

A Uber é um bom exemplo. A palavra quer dizer “acima” em alemão. É um nome curto, simples de pronunciar em qualquer idioma (levando em consideração que é uma marca internacional) e que deixa claro sua potência e visão de negócio superiores.

A Natura é outro case que vale destacar. O processo de naming envolvia encontrar uma palavra que diferencia a marca das concorrentes e ainda comunicasse seus valores ligados à natureza, bem-estar e à autoestima. 

Há uma série de passos que valem ser analisados durante o processo de naming de uma marca: originalidade, pesquisas, estudos conceituais, aplicabilidade, sonoridade, análise de percepção do público, facilidade de compreensão, registros jurídicos, entre outros. Além disso, é preciso se atentar em quais associações um nome pode criar na mente do consumidor e quais as possibilidades positivas e negativas de repercussão. 

Um nome pode trazer também características do seu produto (Cacau Show, Casa do Pão de Queijo), segmento (99taxi, IFood), público (Baby Store), inovação (família Apple) ou região (Costão do Santinho Resort), entre tantas outras. Basta olhar ao redor que você vai encontrar vários exemplos. 

Se me perguntasse se existe uma receita para criação de um nome, resumiria nos seguintes ingredientes: nome simples e memorável; que destaque sua marca da concorrência; combine conceito e valores da marca; que seja fácil de pronunciar; e que ainda leve em consideração abrangência e público-alvo. Que seja exclusivo, único e não signifique nada negativo nas outras 200 línguas que existem no mundo. Não se esqueça que estamos em uma época em que tudo acontece na internet, então, inclua pesquisas de domínios disponíveis e de fácil acesso. Fácil não?

Dica final: tudo comunica. A força da palavra é tão grande que o terceiro versículo do primeiro livro da bíblia diz: “Disse Deus: haja luz, e houve luz”. Bem, se Deus “disse”, isso significa que a palavra é força e o verbo é criador de possibilidades.

 

Branding
& Digital

Fale conosco

Contato

contato@lepera.com.br
+55 11 3045 6009

© 1989 – 2021 – LE PERA COMUNICAÇÃO LTDA – CNPJ: 05.154.130/0001-00