calltoaction

As interações em suas redes podem ser mais do que espontâneas. Quer saber mais? Continue aqui.

Você já deve ter ouvido em algum momento o termo Call to Action, ou a sigla CTA. Se não ouviu, sua área de marketing com certeza sabe do que estou falando.

 

Call to Action basicamente é um termo usado atualmente para “convidar” seu público a uma ação. Por exemplo, o título desse artigo. Ele pede que o leitor continue aqui para saber mais. Mas poderia ter um botão de “clique aqui”, “participe do quiz”, “baixe o e-book grátis”, “assine nossa newsletter” ou qualquer outra ação que sugerisse para o leitor uma interação com meu conteúdo. A ideia é que ele continue navegando nas redes proprietárias, na landing page ou no site de sua marca o mais tempo possível, dialogando, conhecendo, gerando leads e, inclusive, comprando (se seu objetivo final for venda e geralmente é).

 

Pensa comigo. Você já definiu para quem seu conteúdo será direcionado, já sabe se ele é um cliente ou alguém conhecendo a marca, definiu o objetivo de sua publicação. Como então garantir que seu conteúdo atraia o interesse do seu consumidor e que ele interaja, e não apenas “passe o olho” em sua publicação? Qualidade do conteúdo, claro. Mas a escolha correta do CTA também é importante. É ele que complementa e permite continuidade, diálogo e interação.

 

Quer um exemplo simples? Estava navegando no Instagram e parei na publicação de uma nutricionista. Ela trazia alguns itens que consumimos em nosso dia a dia e que achamos saudáveis, e explicava a partir da composição de cada um deles o porquê não são. A especialista poderia ter parado aí, mas ela trouxe um Call to Action pedindo que suas seguidoras comentassem no post e, atingindo uma meta específica, traria um novo conteúdo dando dicas de como substituir esses produtos por outros mais saudáveis. Ela tem público cativo e sabe que consegue chegar a um alto número de comentários facilmente. Mas com o CTA ela não fica na expectativa, ela conduz o leitor à ação, mantém às rédeas da sua estratégia e ainda consegue gerar curiosidade para as próximas publicações.

 

Vale mencionar que o CTA pode ser usado em diversos formatos: inserido em um post como uma pergunta ou uma indicação de ação direta; um hiperlink dentro de um texto levando para outro conteúdo relacionado; imagens dentro de uma publicação; links patrocinados de anúncios; vídeos. A criatividade é quem manda! E o melhor, com você gerenciando esse fio condutor, você transporta seu público entre redes, sites e o leva até seu objetivo, produto, curso, etc. Com criatividade e planejamento, nem mais o céu é limite!

Branding
& Digital

Fale conosco

Contato

contato@lepera.com.br
+55 11 3045 6009

© 1989 – 2021 – LE PERA COMUNICAÇÃO LTDA – CNPJ: 05.154.130/0001-00